Casa do Telhado
Sobre

Sita no Lugar de Lamedo, a Casa do Telhado foi construída no século XVIII (a primeira fase de construção remonta ao ano de 1701) e está classificada como imóvel de interesse patrimonial da freguesia de Rossas, concelho de Vieira do Minho.

A Casa tem ainda uma Capela dedicada à Nossa Senhora das Necessidades, erigida no ano de 1788.

Construída numa zona cimeira do Lugar de Lamedo, e a cerca de 300 metros do Rio Ave, a Casa do Telhado foi, durante largas décadas, pertença do Clero, tendo sido posteriormente adquirida por uma família abastada da região e transmitida de geração em geração, até ser votada ao abandono.

Nos anos oitenta do século passado foi adquirida pelos actuais proprietários, a Família Lobo Vilela, quando se encontrava praticamente em ruínas.

No seu acervo incluem-se ainda umas “Alminhas”, bem como um moinho de água, existente nas proximidades da Cascata da Candosa.

 A reconstrução respeitou a memória arquitectónica deste imóvel, com cerca de 500 m2 de área coberta, que – além da mencionada Capela (completamente restaurada por especialistas em arte sacra) e de um tradicional Espigueiro minhoto – se distribuem por três pisos:

No piso inferior existe um antigo Lagar, recuperado e funcional, que predomina numa pitoresca adega, com mesas e bar de apoio.

No piso térreo, o claustro interior é a porta de entrada para todas as partes da Casa e a sua cobertura envidraçada transformou-o num espaço aprazível e confortável, repleto de luz natural. Neste piso, as antigas cortes de animais deram lugar a um pequeno Salão/Museu com alfaias agrícolas e outras ferramentas antigas, típicas da lavoura, guardadas cuidadosamente pelos proprietários. Já a antiga zona de acesso e apoio à Eira e ao Espigueiro existentes no logradouro, deu lugar a dois espaços de convívio e refeição: um enorme salão com lareira, piano e mesa de snooker; bem como uma cozinha com sala de jantar e mesa com capacidade para 12 pessoas (cujo tampo, em jeito de homenagem à memória da Casa, é feito com o seu antigo portão de entrada).

No piso superior encontram-se os cinco quartos da casa (Quarto do Esconderijo; Quarto Rosa, Quarto Amarelo, Quarto da Sineta e Quarto Octogonal), todos eles com casa-de-banho privativa e vistas privilegiadas, quer para o Monte de Castelo, quer para as típicas paisagens verdejantes, típicas da região. Neste piso existe ainda uma bonita Sala de Leitura com vista para a Capela.

No exterior poderá desfrutar da piscina e do jardim relvado, que ladeia a Eira e o respectivo Espigueiro.